ARADOIS 50MG COM 30 COMPRIMIDOS-BIOLAB-

Aradois H para tratamento da hipertensão (pressão alta). Em pacientes com pressão alta e espessamento das paredes do ventrículo esquerdo (hipertrofia do ventrículo esquerdo), a losartana, frequentemente em combinação com a hidroclorotiazida, reduz o risco de derrame (acidente vascular cerebral) e de ataque cardíaco (infarto do miocárdio) e ajuda os pacientes a viverem mais.
Preço Normal R$55,62 Preço Especial R$47,28
Disponibilidade: Em estoque
SKU
011798
R$46,33 à vista
Calcular Frete e Prazo
Seu médico receitou Aradois H para tratamento da hipertensão (pressão alta). Em pacientes com pressão alta e espessamento das paredes do ventrículo esquerdo (hipertrofia do ventrículo esquerdo), a losartana, frequentemente em combinação com a hidroclorotiazida, reduz o risco de derrame (acidente vascular cerebral) e de ataque cardíaco (infarto do miocárdio) e ajuda os pacientes a viverem mais. 
 

O que são doenças cardiovasculares?

As doenças cardiovasculares são um conjunto de problemas que atingem o coração e os vasos sanguíneos, provocando doenças e graves complicações à saúde da pessoa, como infarto, insuficiência cardíaca, arritmias, AVC ou outros tipos de alterações na circulação de sangue.
 

Qual a causa e os fatores de risco?

Estas doenças afetam, geralmente, mais homens do que mulheres, em idades acima dos 50 anos. O risco de desenvolver as doenças cardiovasculares é muito maior em pessoas com colesterol alto, diabetes, pressão alta e com hábitos de vida pouco saudáveis, como sedentarismo, obesidade ou com níveis elevados de estresse, por isso, na maioria das vezes, é possível prevenir estas doenças.
 
É importante que essas doenças sejam prevenidas pois, além de provocarem diversos sintomas desconfortáveis, como falta de ar, dor no peito e inchaço no corpo, elas são a principal causa de morte em todo o mundo.
 
As causas das doenças cardiovasculares são as mais diversas, mas podem estar relacionadas com o estilo de vida do indivíduo e a sua alimentação. Por isso os principais fatores de risco são: 
 
  • Idade: indivíduos com mais de 50 anos têm maior risco de ter doença cardiovascular;
  • Sexo: os homens normalmente são mais acometidos por problemas cardiovasculares;
  • História familiar de doenças cardiovasculares;
  • Cigarro;
  • Colesterol alto;
  • Hipertensão;
  • Obesidade;
  • Vida sedentária;
  • Diabetes;
  • Anticoncepcionais orais;
  • Maus hábitos alimentares;
  • Estresse.
 
Todos esses fatores de risco facilitam a formação de lesões e o acúmulo de placas de gordura nos vasos sanguíneos, chamada de aterosclerose, além de outras alterações na circulação sanguínea, responsáveis pelas doenças cardiovasculares. 
 

Quais os sintomas das doenças cardiovasculares?

Os sintomas das doenças cardiovasculares são variáveis, e estão normalmente associados ao tipo de doença que a pessoa tem e os órgãos mais afetados, podendo variar desde estágios silenciosos até aqueles em que a pessoa já tem graves limitações, como dificuldade em respirar, dor no peito, desmaio, alterações no ritmo cardíaco ou inchaço nas pernas. 

 
Normalmente, os sintomas só começam a aparecer em fases em que a doença já está instalada, dificultando a sua prevenção, sendo muito importante realizar exames médicos complementares que permitam fazer o diagnóstico correto e iniciar o tratamento o mais breve possível, tanto para aliviar os sintomas como para evitar a piora do quadro.

Como evitar?

A prevenção é o melhor modo de evitar o aparecimento destas doenças. Algumas dicas para prevenir as doenças cardiovasculares podem ser:
 
  • Deixar de fumar;
  • Controle da pressão arterial, dos níveis de açúcar e da gordura no sangue, com o uso de remédios e seguimento das orientações do médico;
  • Alimentação saudável, evitando gorduras e comendo mais verduras, frutas e cereais;
  • Prática de exercício físico regularmente, pelo menos 30-60 minutos, 3-5 vezes por semana;
  • Evitar consumo de bebidas alcoólicas;
Além disso, para as pessoas que estão acima do peso, é recomendado emagrecer, pois é comprovado que o acúmulo de gordura é muito prejudicial para a saúde cardiovascular. 
 
Aradois
 

Como Aradois funciona?

Aradois H é uma combinação de um antagonista dos receptores de angiotensina II (losartana) e um diurético (hidroclorotiazida). A losartana e a hidroclorotiazida agem em conjunto para diminuir a pressão alta.
 
Se você tem pressão alta e apresenta espessamento das paredes do ventrículo esquerdo, a principal câmara de bombeamento do coração, seu médico prescreveu Aradois H para ajudar a diminuir o risco de eventos cardiovasculares, como derrame (acidente vascular cerebral). 
 

Posologia (como tomar) Aradois

Aradois H pode ser tomado com ou sem alimentos. Para maior comodidade e para que você se lembre com mais facilidade, procure tomar o medicamento no mesmo horário todos os dias.
 
DOSAGEM
Pressão alta: a dose usual de Aradois H para a maioria dos pacientes com pressão alta é de 1 comprimido de 50/12,5 mg por dia para controlar a pressão arterial durante um período de 24 horas.
 
Pacientes com pressão alta e hipertrofia do ventrículo esquerdo: a dose inicial usual é de 50 mg de losartana uma vez por dia. 
 
Se a meta para a pressão arterial não for atingida com 50 mg de losartana, seu médico poderá prescrever uma combinação de losartana e baixa dose de hidroclorotiazida (12,5 mg). Seu médico poderá aumentar as quantidades de losartana e hidroclorotiazida gradualmente até atingir a dose correta para você.
 
Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
 
Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Aradois tem efeitos colaterais?

Qualquer medicamento pode apresentar efeitos não esperados ou indesejáveis, denominados efeitos adversos. Na maioria dos pacientes, Aradois H é bem tolerado. Os efeitos adversos podem incluir náusea, vômitos, cólicas, diarreia, constipação, dor de cabeça, fraqueza, tontura, fadiga, urticária, erupção cutânea, alteração de paladar, visão turva momentânea ou aumento da sensibilidade da pele ao sol. Outro efeito adverso pode ser a sensação de tontura ou atordoamento devido a uma queda súbita na pressão sanguínea quando se levanta rapidamente. Seu médico possui uma lista mais completa dos efeitos adversos. 
 
Informe ao seu médico imediatamente se você apresentar esses sintomas ou outros sintomas incomuns.
 
Se apresentar uma reação alérgica com inchaço da face, dos lábios, da garganta e/ou da língua que possa dificultar sua respiração ou capacidade de engolir, pare de tomar Aradois H e procure seu médico imediatamente.
Escreva sua Própria Avaliação
Você está avaliando:ARADOIS 50MG COM 30 COMPRIMIDOS-BIOLAB-
Fale no WhatsApp
Fale no Whatsapp